E-mail

Exercícios de notas mortas I

 O que seriam as ‘Notas Mortas’? Elas são uma das formas mais eficientes de se criar grooves consistentes. Elas são uma técnica de execução criada na década de sessenta que adicionavam um ‘balanço’ nas conduções de walking bass.
Duas maneiras de se aplicar as notas mortas:

A)    Usando a mão esquerda: Ponha o dedo indicador pressionando o quinto traste da corda Mi (nota Lá) levemente. Em seqüência encoste os outros dedos da mão esquerda na mesma corda, para abafar e evitar os harmônicos.


 

B)    Usando a mão direita: Encoste o dedo anelar na corda, usando um pouco mais de força para abafar a mesma. Enquanto você toca livremente comos dedos indicador e médio.

 

 

Em quaisquer que sejam as formas execuções escolhidas, o resultado deverá ser o mesmo. Uma nota percusiva, sem sustain ou definição.


Use sempre um metrônomo e comece num andamento moderado. Não tente tocar o mais rápido o possível. O ideal é a sonoridade consistente. A velocidade virá com o tempo. Pratique também nas demais cordas e com outras técnicas como thumb e palhetada.

O 'X', indica as notas que deveram ser abafadas.

 

 


*Vem do inglês ‘Dead Note’. Também podem ser encontradas traduções como Nota Fantasma (Ghost Note) e Nota Muda (Muted Note) ou simplesmente Muted.

 

Fonte: Diego Maia - baixista.com.br